terça-feira, 1 de setembro de 2015

FESTA UM DA VIOLETA | PARTE II | DIY

Organizar uma festa de aniversário é talvez das coisas que mais gosto de idealizar. Acho um processo divertido: arranjar um tema, desenvolver e concretizar. Como a Violeta ainda só fez um ano aproveitei para me divertir já que não houve exigências por parte dela de espécie alguma (Frozen, Princesas Sofia...entendem o que digo?). Lembrei-me, obviamente, muito da Madalena e queria que este dia fosse um dia memorável para ela. ("só" aumentei a fasquia para o aniversário dela em Outubro).

Lembrei-me de fazer o tema Baby Boho como que um "free spirit" sem as tais exigências e que fosse necessariamente confortável e adequado a todos. Sem uma mesa programada, toalhas no chão como se de um picnic se tratasse fui preparando alguns DIY que quero partilhar com vocês (e que espero que vos seja útil).


Pormenores para distribuir pelo espaço da festa (penas e setas). Estes pormenores são sempre importantes para uniformizar e harmonizar o ambiente. Podem ser distribuídos nos mais variados espaços: pela mesa, pelas zona de estar a acompanhar os jarros de flores, pela casa por onde andam os convidados, etc. 

Penas: comprei online, brancas e foi só pintar de dourado com tinta acrílica o terminal;

Setas: arranjei vários galhos de pinheiro com 1 cm de diâmetro. Cortei com a forma de seta e terminal o feltro colorido e colei com UHU transparente. Rematei com um lacinho de fio de linho. 


Pormenores de maior expressão. As cabanas feitas com canas para acolher o wild spirit da miudagem  e o meu easy tie dye macramê que me aventurei fazer (depois mostro como ficou no quarto delas).

Cabanas de canas: Estas canas, sem "ciência" nenhuma de construção foram atadas inicialmente uma-a-uma e todas entre si. Pintei a extremidade com a cor da festa (tinta para mobiliário mate rosa pálido).

Macramê: arranjei um grande galho de pinheiro já seco (descasquei muito bem para ficar com este aspecto bonito) e envernizei com tinta para madeira incolor acetinada. Aventurei-me somente a fazer os primeiros nós com sisal à volta do galho e deixei cair livremente os restantes fios. Pintei os terminais com a tinta rosa pálido (curiosamente a mesma da cabana) e deixei secar bem. 




Toalha de mesa. A toalha de mesa dispensa a sua importância. É a primeira peça que colocamos na mesa para acolher aquilo que será a recepção aos convidados. Neste caso, não houve só uma mesa mas, houve aquela a que chamamos "mesa principal".

Toalha de Mesa Shibori: Depois de ver imensos tutoriais no pinterest, optei por um "free style" e não coloquei nenhuma técnica activa no processo. Deixei-me levar pelo entusiasmo e pelos metros de tecido e limitei-me a atar e torcer o tecido branco (que comprei a metro no Ikea). Mergulhei na solução que fiz com água e um pacote de tinta para tingir rosa que tinha cá por casa (pacote marca "Raposa"). Para a largura do tecido podemos optar por unir duas partes cozendo-as na máquina.

Espero que tenham gostado! 
Com amor,
Joana

^^^^^^^^^^^^
     

2 comentários:

  1. Ideias top!!
    mas eu queria mesmo mesmo era um jardim desses :)
    beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Olá Bom dia!
    Grande ideias! Posso perguntar em que site comprou as penas?
    Obrigada pela ajuda!
    Parabéns pelo projecto! :)
    Inês

    ResponderEliminar